A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Coordenadoria dos Direitos Humanos, do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD) e da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), realizou, nesta quarta-feira (26/09), no Centro de Ciências da Saúde (CCS), o seminário "Produção Acadêmica sobre Acessibilidade e Inclusão da Pessoa com Deficiência", que compôs a “X Semana da Pessoa com Deficiência de Sobral”.

A mesa teve como coordenadora Cristina Nunes, presidente do CMDPD, e Herbert Lima, secretário da Educação de Sobral, como debatedor. Na ocasião, foram apresentadas quatro pesquisas que traziam como foco a inclusão no mercado de trabalho, acessibilidade e inclusão no Ensino Superior, efetivação de políticas públicas e ações de extensão universitária no atendimento às pessoas com deficiência.

Cristina Nunes falou sobre as pesquisas, destacando aspectos da inclusão no mercado de trabalho e na universidade. "Na nossa Lei Brasileira de Inclusão, está colocado no art. 4º o direito à educação e a nossa própria Constituição Federal garante. Já nos art. 34º e 35º, a LDI garante a inclusão no mercado de trabalho", afirma. Cristina destacou ainda a Lei 8213/1991, que criou as cotas para pessoas com deficiência nas empresas.