A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), visando facilitar o processo de inscrição para solicitação de cestas básicas disponibiliza, desde terça-feira (13), o sistema de pré-cadastro on-line para solicitação do benefício. Após incluir os dados no sistema, a família poderá acompanhar a situação de sua solicitação direto pelo site.

A secretária Andrezza Coelho ressalta que, a partir de agora, a gestão da Sedhas espera resolver de forma mais rápida a questão do pré-cadastro e, ao mesmo tempo, diminuir o tempo do retorno para as famílias. “Estamos trabalhando para poder oferecer mais agilidade para as pessoas que estão necessitando desse serviço. Até esta terça-feira (13), já entregamos cestas básicas a 2.082 famílias e esperamos chegar a todas que necessitem”, disse a secretária.

O benefício será concedido levando em conta informações contidas no CADUNICO (Cadastro Único para Programas Sociais), priorizando famílias que se enquadrem nos critérios de extrema pobreza e pobreza relativa (com renda de até R$ 178); grupos prioritários identificados pela Sedhas (quilombolas, povos ciganos, povos de terreiro, pessoas com deficiência) e grupos atendidos pelos auxílios municipais, dentre outras informações. É necessário ter mais de 18 anos para fazer o pré-cadastro de solicitação de cestas básicas, e somente uma pessoa por residência pode receber o benefício.

Para quem já fez seu cadastro via telefone, não é obrigatório a realização de novo cadastro. Entretanto, o usuário poderá confirmar seus dados pelo próprio site.

Para realização do cadastro, acesse AQUI

O coordenador dos Direitos Humanos da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), Chiquinho Silva, e o assessor jurídico, Augusto Liberato, estiveram reunidos, nesta segunda-feira (12/04), com líderes das religiões africanas, para a criação do Fórum Sobralense dos Povos de Terreiros.

O fórum terá como objetivos conseguir doações de cestas básicas para famílias dos pais, mães e filhos de santo em situação de vulnerabilidade; e pensar em uma estratégia de mapeamento dos povos de terreiro do município, além de esclarecer e orientar sobre o auxílio para templos religiosos, disponibilizado pela gestão municipal.

“O momento foi muito importante para a organicidade dos povos de terreiros de Sobral, bem como ouvir suas demandas, reivindicações e instituir um espaço próprio através da constituição do fórum, como estratégia de fortalecimento e protagonismo destes povos tradicionais. O fórum contará com uma coordenação colegiada, escolhida dentre os participantes (Mãe Aline, Edmilson, Pai Sérgio, Pai Ray, Pai Bruno e Mãe Nilda). Os presentes fizeram uma avaliação muito positiva do momento e consideraram um marco importante para o reconhecimento e organização desta expressão de culto religioso e de povo tradicional”, afirmou Chiquinho Silva, coordenador dos Direitos Humanos da Sedhas.

A Prefeitura de Sobral reabre, nesta quarta-feira (07/04), o cadastramento que concede auxílio financeiro para taxistas, mototaxistas, motoristas de transporte escolar, técnicos de som e catadores. Essas categorias receberão até R$ 400. Também será reiniciado o cadastro de permissionários do Mercado Público e ambulantes, que receberão até R$ 1.000.

O benefício dá continuidade às ações do pacote de medidas emergenciais sancionado pelo prefeito Ivo Gomes, com o objetivo de amenizar os impactos sociais e econômicos causados pela pandemia. Até o momento, o auxílio já foi pago a mais de 800 sobralenses.

Para realizar o cadastro basta acessar o site auxilio.sobral.ce.gov.br e preencher os dados solicitados, informando o número da conta na Caixa Econômica.

Para ter acesso ao auxílio da Prefeitura, o interessado não pode receber outro benefício federal, estadual ou previdenciário.

Cadastramento AQUI

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), inicia, nesta segunda-feira (12/04), a distribuição do Vale Gás Social, do Governo do Estado do Ceará, para 1.195 famílias sobralenses que serão beneficiadas neste primeiro lote.

Nesta quinta-feira (08/04), a secretária da Sedhas, Andrezza Aguiar Coelho, esteve na Secretaria Estadual de Proteção Social, Justiça, Mulheres, Cidadania e Direitos Humanos (SPS) para receber os tickets. Um segundo lote será disponibilizado no mês de maio.

As famílias beneficiadas foram organizadas em listas, de acordo com os territórios dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). As unidades coordenarão a entrega e, para isso, a Sedhas conta com parceria da Secretaria Municipal da Educação (SME), que disponibilizou escolas para atender às famílias, na sede e distritos. Nos locais, será mantido o distanciamento social e tomados outros cuidados para garantir a segurança das equipes e dos beneficiários.

A Sedhas orienta que apenas o responsável familiar compareça ao local, na data e na hora indicados, para receber o ticket, que poderá ser trocado nas distribuidoras Nacional Gás, parceira do Governo do Estado na ação. É necessário estar protegido com máscara e levar documento de identificação, CPF, NIS (cartão do Bolsa Família ou do Mais Infância Ceará), além de comprovante de residência e uma caneta para assinar o recibo. 

Caso a titular do benefício não possa comparecer por algum motivo, pode pedir a alguém para retirar o ticket em seu lugar: neste caso, a pessoa deverá ir munida de cópias do documento da titular e dos seus documentos.

Listas por Cras

Cras Aracatiaçu AQUI
Cras Dom José AQUI
Cras Irmã Oswalda AQUI
Cras Jaibaras AQUI
Cras Mimi Marinho AQUI
Cras Regina Justa AQUI

O prefeito Ivo Gomes encaminhou, nesta terça-feira (06/04), projeto de lei à Câmara Municipal para que a Prefeitura de Sobral conceda auxílio em duas parcelas de R$ 600,00 para templos religiosos de todos os cultos no município, em decorrência dos impactos causados pela pandemia da Covid-19. O objetivo é auxiliar no custeio das medidas de proteção sanitária estabelecidas pelo município a serem implementadas pelos templos na retomada das atividades.

O projeto, que também prevê a isenção do IPTU do ano de 2020 a imóveis locados por organizações religiosas e a isenção da cobrança de tarifa de água e esgoto, foi encaminhado em regime de urgência e deverá ser apreciado ainda nesta terça pelos vereadores.

De acordo com o prefeito, os templos de qualquer culto, atualmente, se encontram em situação desafiadora, já que grande parte deles depende da presença de pessoas para as suas cerimônias e cultos.
 
“Sabendo disso, mesmo diante de um cenário de limitação dos recursos públicos municipais, entendemos que é de suma importância adotar medidas para amenizar esses efeitos”, frisou o prefeito, acrescentando que o poder público municipal vem fazendo tudo que está ao seu alcance para ajudar a mitigar os impactos negativos socioeconômicos causados pela pandemia.