A Prefeitura de Sobral, por meio das secretarias dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas) e da Saúde, Gabinete da Vice-Prefeitura e Centros de Referência realizam, nesta sexta-feira (01/03) uma blitz educativa no Terminal Rodoviário, alertando aos foliões sobre prevenção à violência e cuidados com a saúde durante o Carnaval.

"Estamos realizando uma mobilização alertando a população sobre os riscos da violência e sobre como denunciar, para que todos possam se sentir protegidos durante a folia. É importante que todos ajudem a proteger as crianças e adolescentes e, ao mesmo tempo, ajudem a prevenir situações que envolvam abusos, assédios e outras violações contra mulheres. Ao mesmo tempo, em parceria com a Saúde, vamos oferecer dicas de como se prevenir das Infecções Sexualmente Transmissíveis e de como se cuidar para evitar outros problemas", informa o coordenador do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), Jean Ávila Lopes.

Durante a ação educativa, os foliões serão informados sobre a necessidade de denunciar eventuais situações de trabalho infantil, abuso ou exploração de crianças e adolescentes, violência contra a mulher, além de informações sobre como cuidar da saúde durante a folia. À frente, estarão os Centros de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), da Mulher (CRM), da Saúde do Trabalhador (Cerest) e da Saúde da Família do Tamarindo, dentre outros serviços que participam como parceiros.

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio d Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), em parceria com oa Secretaria de Saúde, através do Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e outras Drogas (Caps-ad) e Residência Multiprofissional em Saúde Mental (RMSF) realizaram hoje (27/02) uma formação sobre abordagem social a casos de famílias e indivíduos com vivência de uso de álcool e drogas.

"O objetivo é qualificar a equipe técnica do Creas, quanto à abordagem dos casos e o plano de cuidados que deve ser integral e continuado", informa o coordenador do Creas, Jean Ávila Lopes.

O Cras Dom José recebeu o espetáculo "A fantástica viagem ao mundo da diferença", que trabalhe ludicamente a questão da acessibilidade para as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

"O espetáculo faz uma viagem pelo universo da acessibilidade a partir do olhar da criança, abordando as dificuldades e possibilidades de um garoto cadeirante, um portador de down e uma criança com perda auditiva, que aprendem, ensinam, recebem e compartilham experiências. Através dessa aventura as crianças convivem com as diferenças e aprendem a conviver e respeitar as mesmas", informou Giovanni Montini, coordenador do Cras.

O Cras Dom José fica na Rua Francisco Jacinto, S/N, no bairro Dom José e atende aos territórios do Sumaré, do Padre Palhano, Alto do Cristo, Padre Ibiapina e partes do bairro Centro (Santa Casa).

Através do Projeto "Criando Oportunidades", o Cras Dom José ofertou o curso de camareira, com 100 horas/aula, para o público do seu território. O curso foi oferecido através de parceria com o Instituto Maria da Hora.

Com o objetivo de qualificar os moradores do bairros  Dom José, Alto do Cristo, Padre Palhano, Padre Ibiapina e Sumaré, o curso qualificou 29 participantes, que receberam instruções teórica e prática. Os cursistas estão aptos a atuarem no setor de hotelaria da cidade e região.

Visando levar à comunidade o debate sobre o respeito à diversidade, a Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Coordenadoria dos Direitos Humanos está levando à sede da Ordem dos Advogados do Brasil em Sobral (OAB-Sobral) a exposição “Transver o mundo”, que representa o cotidiano de pessoas trans sobralenses. Com fotos de Thamila Santos, da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violências da Sedhas, a exposição receberá visitantes entre 20 e 28 de fevereiro na sede da Instituição (Av. Dr. Jose Arimateia Monte e Silva, 650 – Campo dos Velhos).

“É importante destacar que esta exposição é uma realização da Coordenadoria dos Direitos Humanos, através do Núcleo da Diversidade Sexual, em parceria com a fotógrafa Thamila Santos, que teve um olhar sensível acerca dessa comunidade e topou fazer o trabalho. Agora, estamos levando a exposição para mais parceiros. Já fizemos com a Secjel, através da Casa da Cultura e estamos fechando com outros parceiros”, informa Rogers Saboia, supervisor de Núcleo da Diversidade Sexual da Coordenadoria.

A exposição é itinerante e deverá passar por diversas instituições, debatendo sobre o respeito à diversidade. A iniciativa expor na OAB é da Comissão de Diversidade Sexual e Gênero da instituição.

Mais informações AQUI.