A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Coordenadoria da Habitação e em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE) realizou oficinas de design de sobrancelhas e maquiagem, ministradas por Ticiane Aguiar para moradoras do Conjunto Habitacional Parque Mucambinho, no bairro Dom José.


As atividades aconteceram no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da comunidade e beneficiaram 20 mulheres. A articulação foi feita por Ribeiro Silva e Gilmaiza Tomaz, membros da equipe técnica da Habitação que atuam no território. "O objetivo das oficinas é promover aos beneficiários uma oportunidade de formação e de geração de renda", afirma Gilmaiza Tomaz.

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Sobral (CMDPI), recebeu a visita de Rafael Castelo Branco, presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi), e de Jean Marques, advogado da comissão de Saúde e de Defesa dos Direitos do Idoso, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Sobral). Na ocasião, os conselheiros receberam ainda orientações sobre o Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e o trabalho de fiscalização às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI's). 

"A expectativa é que o conselho estadual, o municipal e a OAB Sobral fechem uma parceria para a fiscalização das instituições", afirma Francisco de Paulo Guimarães, presidente do CMDPI.

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Coordenadoria da Habitação e parceria do Programa Articulador de Juventude da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violências (UGPPVA) realizou oficina de grafite com jovens do Residencial Nova Caiçara.

A ação teve articulação dos técnicos Nadia Martins, Patrícia Magalhães e Valéria Rodrigues e execução pelos facilitadores Moisés Lima, Carolina Tavares e Diego Rodrigues.

"Escolhemos a área de convivência da quadra 11, um dispositivo que existe para a socialização, o lazer o fortalecimento de vínculos. As artes foram feitas pelos jovens das quadras 10 e 11, com a orientação dos facilitadores", afirma Nadia Martins, técnica da Coordenadoria da Habitação.

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Coordenadoria dos Direitos Humanos e do seu Núcleo da Igualdade Racial, participou do XVII Encontro Estadual das Comunidades Quilombolas do Ceará. O evento aconteceu no Quilombo Serra da Conceição (Caucaia-CE) e Sobral foi representado pela comunidade remanescente de quilombo do distrito de Patriarca.

"O encontro foi muito importante para consolidar propostas e encaminhamentos de políticas públicas para a população negra e quilombolas do Ceará e reafirmar a importância da resistência e luta do povo negro", destaca o coordenador dos Direitos Humanos, Francisco Silva.

A participação no evento teve como objetivo aprofundar a ação que a Coordenadoria dos Direitos Humanos vem desenvolvendo no distrito de Patriarca. A comunidade quilombola local foi contemplada com recursos da Coordenação Estadual das Comunidades Quilombolas do Ceará (Cerquice), para a instalação de um projeto de confecção de roupas afros e de formação identitária com as famílias.

O prefeito Ivo Gomes se reuniu, nesta quinta-feira (02/08), com o Comitê Territorial I, através da Unidade de Gerenciamento de Projeto de Prevenção de Violências (UGP/PV). A instância de prevenção representa uma ação pioneira, que busca tratar os casos de violação ou violência de forma individualizada, advindas de um público que vive em situação de vulnerabilidade social, discutindo o que cada instituição componente pode fazer no sentido de promover o cuidado.

O Território I é formado pelos bairros Caiçara, Terrenos Novos e Vila União. O Comitê, formado por gestores dos equipamentos públicos da Educação, da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência, da Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer e outros, tem como objetivo discutir estratégias, relatos e experiências de intersetorialidade na prevenção da violência.

“Esses equipamentos, de maneira coletiva, intersetorial e integrada, traçam estratégias para a superação das diversas formas de violência que acontecem nesse território, de forma a promover uma cultura de paz, no sentido de avançar e fazer com que as famílias compreendam que são muito importantes na construção desse processo, com apoio no desenvolvimento de uma infância saudável, amorosa, afetiva, para desconstruir a parentalidade negativa, a desresponsabilidade dos pais dos familiares para com o desenvolvimento social das crianças e adolescentes. Então, é um Comitê que troca experiências. Antes, tinha uma escola, uma unidade de saúde, um equipamento público em um mesmo bairro, às vezes, no mesmo quarteirão, e os profissionais não conheciam o trabalho uns dos outros”, explica Chiquinho Silva, coordenador de Direitos Humanos.

O encontro, realizado quinzenalmente, teve como objetivo apresentar as atividades executadas de forma intersetorial. Entre as ações, foram citadas o trabalho realizado com famílias de presidiários, a construção de diálogos com os moradores da região e a inserção de jovens em projetos como o Ocupa Cras e o Jovem Guarda, este, integrante do programa #ocupaJuventude.

Foram analisados casos que se referem à matriz de vulnerabilidade, quanto à estratificação de risco: leve, moderado, grave e gravíssimo. A partir desse estudo, a articulação entre gestores dos equipamentos do território definem estratégias de prevenção da violência, ferramentas para tal e potencializam ações intersetoriais, de forma a repensar práticas, customizando o cuidado e o acompanhamento dos jovens.

Na ocasião, o prefeito Ivo Gomes reforçou a importância das escolas no processo de identificação dos casos. O cargo de orientador educacional, cujo concurso público está em andamento (clique AQUI), é destinado a bacharéis em Psicologia, que ficarão responsáveis pelo auxílio do reconhecimento dos problemas.

Foi apresentado ainda pela secretária do Urbanismo e Meio Ambiente, Marília Ferreira Lima, propostas de intervenção urbana que brevemente serão realizadas no território.