A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social e do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMDPD), realizou a VI edição de entrega do Selo de Acessibilidade à empresas e instituições que colaboraram com a melhoria da acessibilidade para pessoas com deficiência.

Criado através da Lei 1.070, em 2011, com o objetivo de efetivar da acessibilidade no município, garantindo a mobilidade e melhoria de vida, o Selo é entregue nos padrões ouro, prata e bronze, de acordo com um questionário realizado nas empresas indicadas, por uma comissão do conselho.

“Gostaria de agradecer a todas as pessoas que ajudam nesse processo junto às entidades, agradecer a toda a equipe dos Direitos Humanos. Esse começo é muito importante, porque transparece uma luta que pensamos ser pequena, mas, aqui cada vida importa. Cada ato desenvolvido é feito com muita atenção e amor”, comentou Júlio César, Secretário dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social.

“Eu sinto uma emoção grande e fico muito feliz e agradecida às instituições por terem se adequado na questão da acessibilidade e fizeram por merecer estarem hoje sendo reconhecidas e recebendo esse selo. O município tem feito a parte dele e nós temos tentado, de uma maneira muito carinhosa, adaptar nossos equipamentos, como escolas, praças, e tudo que está sendo construído, com a preocupação de atender essas necessidades", afirmou Christianne Coelho, vice-prefeita de Sobral.

Foi contemplado com a edição 2017, na categoria ouro, o Palácio de Ciências e Línguas Estrangeira. Na categoria prata, o Memorial da Educação Superior de Sobral (MESS), Detran e os prédios da Justiça Federal, da Receita Federal e da Advocacia Geral da União. Na categoria bronze, o Vinas gold, Estádio Municipal Plácido Aderaldo Castelo (Estádio do Junco), Clínica Fides, Espaço Equilibrium, Best Hotel e Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social.

Em parceria com a Residência Multiprofissional em Saúde da Família, a Coordenadoria da Habitação da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas) realizou um círculo de cultura com moradores do Residencial Nova Caiçara. O objetivo foi discutir a prevenção ao suicídio, por ocasião do "Setembro Amarelo".

"O círculo de cultura proposto por Paulo Freire é um espaço dinâmico de caráter dialógico e de aprendizagem, de troca mútua de conhecimentos, no qual os participantes se relacionam, escrevem, leem, discutam e construam o mundo em que vivem, com o objetivo de construir consenso e avaliar os riscos e vulnerabilidades que envolvem a comunidade", afirma Telma Alves Medeiros, assistente social da Habitação.

Mobilizaram a ação as técnicas Telma Medeiros, Célia Vasconcelos, Yule Frota, Valéria Rodrigues e Thallyne Rosendo.

 

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Coordenadoria de Habitação comunica que as provas dos cursos de "Técnico em Eletromecânica" e "Técnico em Eletrotécnica" serão aplicadas na sexta-feira (28/09), às 18h no SESI/SENAI (Av. Dr. Arimatéia Monte e Silva, 1003, ao lado do centro de convenções). O candidato deverá comparecer 30 minutos antes da prova, portando documento de identificação com foto.

Servidores da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas) apresentaram trabalhos no XVII Congresso de História da Educação do Ceará (CHEC), da Universidade Federal do Ceará em parceria com outras instituições. As apresentações aconteceram no Centro de Educação à Distância (Ced), nos dias 21 e 22 de setembro.

As propostas de pesquisas apresentadas comporão os trabalhos de conclusão de curso (TCC's) na especialização em Educação em Direitos Humanos (EDH), parceria da Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Educação e da Universidade Federal do Ceará (UFC).

No total, 24 servidores da Sedhas apresentaram banners, priorizando em suas pesquisas os temas das políticas em que atuam (Direitos Humanos, Habitação, Assistência Social, Comunicação, Prevenção de Violências). Todos os servidores são alunos da Especialização em Educação em Direitos Humanos.

Assistência Social

1. Francisco de Paulo Guimarães

Título - Direitos Humanos e a Pessoa Idosa: uma análise aproximativa da política de Assistência Social no município de Sobral.

Comunicação Sedhas

2. Francisco Marcos Araújo

Título - Direito do consumidor e proteção à infância: publicidade infantil no Brasil

 Direitos Humanos

3. Francisco Silva de Sousa

Título - Um olhar sobre os fóruns permanentes dos direitos humanos realizados em Sobral

4. Priscila Oliveira Ponte

Título - Concepção de educação em direitos humanos para os gestores de políticas públicas sociais de sobral

5. José Maria Nogueira Neto

Título - Metodologias participativas como dispositivos de intervenção psicossocial para educação em direitos humanos

Habitação

6. Daiane Marques da Costa

Título - Gênero e diversidade sexual na escola, a urgência da desconstrução de preconceitos, um relato de experiência

7. Bruna Araújo Madeira

Título - O papel do assistente social como efetivador do direito à moradia no Empreendimento Orgulho Tropical “Nova Caiçara” em Sobral-Ce

8. Telma Alves Medeiros

Título - Mulher e mercado de trabalho

9. Antonia Eloina Fernandes Andrade

Título - A Atuação do Assistente Social no acompanhamento de famílias de baixa renda em programas habitacionais: uma pesquisa bibliográfica e documental.

10. Ana Thiena Apoliano Gomes

Título - A Educação em Direitos Humanos como forma de evitar conflitos numa escola de ensino fundamente em Sobral. Um relato de experiência de ações de mediação escolar e comunitária

11. Francisco de Assis Ribeiro da Silva

Título - O trabalho técnico social no Parque Mucambinho II em Sobral/Ce: contributos à educação  em direitos humanos.

Unidades

12. Antonia Lima de Carvalho (Cras Aracatiaçu)

Título - A formação e a constituição da família no contexto brasileiro da virada do século XX para o XXI

13. Ana Cira de Aguiar Vieira Souza (Cras Ir. Oswalda)

Título - Serviço social e educação - o processo de inserção do serviço social no cenário educacional

14. Ana Tamiris Peixoto Araújo (Centro Pop)

Título: A percepção dos beneficiários do programa Bolsa Família sobre as condicionalidades relacionadas à saúde, educação e assistência social: um estudo no município cearense de Santana do Acaraú

15. Angeliana Lauriano Ferreira (Casa do Cidadão)

Título - O processo de divisão entre os sexos sob a ótica de Bourdieu

16. Bruna Albuquerque Vieira Lima (Cras Dom José)

Título - As Novas Concepções De Família: Caminhos e (Des)Caminhos

17. Carlos César Porto Carneiro Filho (Acolhimento Institucional)

Título - Educação Em Direitos Humanos No Contexto Educacional

18 - Cristiana Portela da Silva (Cras Dom José)

Título: A Garantia E Efetivação Dos Direitos Sociais No Âmbito Do Sistema Único De Assistência Social – SUAS

19. Jean Ávila Lopes (Creas)

Título - Interfaces do cumprimento de Medidas Socioeducativas na perspectiva da Educação Em Direitos Humanos

20. João Ismael Tomaz Mendes (UGPPVA)

Título - A Prevenção de Violências como elemento transversal nas Políticas Públicas Municipais

21. Jocelio Morais Pereira (Cras Dom José)

Título - As práticas pedagógicas como ferramentas de formação cidadã para Idosos: Uma colcha de retalhos

22. Marcos Portela de Araújo (Creas)

Título - Trabalho infantil e família: um debate necessário à educação

23. Mary Star Costa Oliveira (Cras Ir. Oswalda)

Título - A inserção do jovem aprendiz no mercado de trabalho: um estudo do projeto Primeiro Passo – Jovem Aprendiz

24. Nayara Vieira Mapurunga (Cras Ir. Oswalda)

Título - Violência doméstica contra a mulher

 

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas) e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD), realiza, de 21 a 27 de setembro, a X Semana da Pessoa com Deficiência, que traz como tema "Políticas e inclusão das pessoas com deficiência: um direito de todos".

"Convidamos toda a sociedade, pessoas com deficiência, professores e alunos a se fazerem presentes nesses momentos que serão de suma importância para a luta das pessoas com deficiência", convida Cristina Nunes, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

O evento inicia com uma solenidade premiação do "Selo de Acessibilidade", conferido às instituições e empresas que se comprometeram e investiram na melhoria de qualidade de vida das pessoas com deficiência. Na ocasião, será ministrada, Rubinho Linhares, a palestra "Quebrando as barreiras do preconceito, inclusão e direitos a luz da Lei Brasileira de Inclusão".

A programação geral é composta por palestras, fórum, seminário, caminhada e pautas nos meios de comunicação. Inscrições e solicitações de certificado de participação devem ser realizadas, exclusivamente, pelo site da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Formulário de inscrição AQUI
Programação e outras informações AQUI