Foi realizado, em 27 de agosto, o segundo encontro do Comitê Territorial II, grupo que reúne os profissionais e gestores dos equipamentos públicos dos bairros Padre Palhano, Sumaré, Dom José e parte do Centro. O objetivo é criar ações para garantir direitos à juventude com histórico de violações de direitos. O Comitê é uma instância ligada à Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violências (UGPPV) da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas).

Nesse segundo encontro, o grupo estudou a Pesquisa "Cada Vida Importa: Evidências e Recomendações para a Prevenção de Homicídios na Adolescência", elaborada pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, em 2016. "Estudar a pesquisa foi fundamental para a educação permanente do grupo porque trouxe embasamento científico nas análises sobre o fenômeno da violência e direcionou os planos de trabalho que estão sendo construídos", afirma Hortência Mangabeira, gerente da UGPPV.