A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social e do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMDPD), realizou a VI edição de entrega do Selo de Acessibilidade à empresas e instituições que colaboraram com a melhoria da acessibilidade para pessoas com deficiência.

Criado através da Lei 1.070, em 2011, com o objetivo de efetivar da acessibilidade no município, garantindo a mobilidade e melhoria de vida, o Selo é entregue nos padrões ouro, prata e bronze, de acordo com um questionário realizado nas empresas indicadas, por uma comissão do conselho.

“Gostaria de agradecer a todas as pessoas que ajudam nesse processo junto às entidades, agradecer a toda a equipe dos Direitos Humanos. Esse começo é muito importante, porque transparece uma luta que pensamos ser pequena, mas, aqui cada vida importa. Cada ato desenvolvido é feito com muita atenção e amor”, comentou Júlio César, Secretário dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social.

“Eu sinto uma emoção grande e fico muito feliz e agradecida às instituições por terem se adequado na questão da acessibilidade e fizeram por merecer estarem hoje sendo reconhecidas e recebendo esse selo. O município tem feito a parte dele e nós temos tentado, de uma maneira muito carinhosa, adaptar nossos equipamentos, como escolas, praças, e tudo que está sendo construído, com a preocupação de atender essas necessidades", afirmou Christianne Coelho, vice-prefeita de Sobral.

Foi contemplado com a edição 2017, na categoria ouro, o Palácio de Ciências e Línguas Estrangeira. Na categoria prata, o Memorial da Educação Superior de Sobral (MESS), Detran e os prédios da Justiça Federal, da Receita Federal e da Advocacia Geral da União. Na categoria bronze, o Vinas gold, Estádio Municipal Plácido Aderaldo Castelo (Estádio do Junco), Clínica Fides, Espaço Equilibrium, Best Hotel e Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social.